[Resenha] Amante Sombrio - J.R. Ward

quarta-feira, julho 13, 2016


  
"Bem vindo ao maravilhoso mundo do ciúme, pensou. Pelo preço de sua entrada, ganhe também uma maldita dor de cabeça, um desejo quase irresistível de cometer um assassinato, e um complexo de inferioridade. Oba."

Ficha Técnica

Livro: Amante Sombrio - Série Irmandade da Adaga Negra
Titulo Original: Dark Lover
Autora: J.R. Ward
Tradução: Jaqueline Valpassos
Editora: Universo dos Livros
Ano: 2011
Número de páginas: 448
  
Sinopse

Nas sombras da noite, em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra, entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Ainda assim, nenhum deles deseja a aniquilação de seus inimigos mais que Wrath, o líder da Irmandade da Adaga Negra. Wrath é o vampiro de raça mais pura dentre os que povoam a terra e possui uma dívida pendente com os assassinos de seus pais. Ao perder um de seus mais fiéis guerreiros, que deixou orfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e destino, não lhe resta outra saída senão levar a bela garota para o mundo dos não mortos. Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente em tentar resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita todas as noites envolto em sombras. As histórias dele sobre a Irmandade a aterrorizam e fascinam. Seu simples toque faísca, um fogo que pode acabar consumindo a ambos. 

 Classificação: 

Minha Opinião:

Esse é o primeiro livro da série Irmandade da Adaga Negra e é a primeira obra de J.R. Ward que li. Me arrisquei a ler esse livro já com todo um pré-conceito formado e me surpreendi. Imaginei que era todo aquele "clichê Crepúsculo" (sim, eu sou uma das haters de crepúsculo)", mas depois de uma mini resenha idolatrando esse livro feita pela minha querida prima hahah, eu finalmente resolvi ler e achei o livro incrível.

O livro tira toda aquela ideia idiota de vampiros que brilham e tentam viver em sociedade e aquela coisa toda de adolescentes. Ele trás uma visão de vampiros exatamente como eu sempre imaginei, fortes, misteriosos, aparentemente amedrontadores, mas no fundo tem lá suas fraquezas.

Nesse primeiro livro conhecemos Wrath, um rei cego, que na verdade não quer ser rei de nada. Wrath  fica encarregado de fazer um favor ao seu amigo Darius de ajudar Beth Randall, sua filha, a passar por sua transição. Mas Beth vive como humana sem fazer ideia de que é uma vampira e depois que Darius morre, ele se vê obrigado a ajuda-la a fim de honrar a morte do amigo.

Há tempos que uma leitura não me prendia da maneira que esse livro me prendeu, é incrível como a autora consegue descrever detalhadamente cada coisa, local, cenário e etc, sem ficar cansativo e fazendo você acreditar que realmente existem vampiros vivendo entre nós.

O romance entre Beth e Wrath, foge do romance meloso e se mostra de maneira intensa durante todo o livro, até nas partes "hots" a autora conseguiu descrever de maneira sensual e intensa (se for pensar o famoso sexy, sem ser vulgar) e eu não considerei vulgar, como li em algumas resenhas, em comparação a outros livros do gênero que forçam um pouco. O amor que os dois desenvolvem um pelo outro, durante os desandar dos capítulos é lindo e te faz querer ter uma paixão igual. Uma das partes que eu mais gostei do livro foi o casamento, onde segundo a tradição entre os vampiros, o homem (macho, como quiserem chamar hahah) grava as letras do nome de sua Leelan ( que significa muito amada, segundo o livro, no idioma dos vampiros) em suas costas, eu achei a coisa mais linda e uma prova de amor muito especial.

O livro ainda termina com algumas pontas soltas, o que te deixa super ansiosa pelo próximo, fora o mini spoiler do próximo livro no final, que piora situação hahah.

O livro é muito viciante, pra quem gosta de um romance paranormal mais adulto ou quer fugir desses romances adolescentes, é uma boa. Eu amei e super recomendo. Mais um pra minha lista de favoritos.

E vocês já leram? Tem interesse de ler? Conta ai pra mim, eu amo quando vocês interagem comigo.
Beijos.

LEIA TAMBÉM

0 comentários